34o. post – MC de 3 de fevereiro de 2008

4 fev
paulo-francis.jpg

A Conexão que rebola começou falando do samba do crioulo doido que é a corrida presidencial americana. Entre desastres, marca-passos e circos incendiados, os foliões gingam rumo ao Carnaval da vitória. Homens brancos não votam em Hillary nem em Obama, o candidato do gueto. Sobram votos para o velhinho? É esta a aposta do pierrô Diogo, enquanto Lucas, o vidente que acerta todas, garante que Hillary será a nova porta-bandeira americana. Pobres de nós, que teremos que agüentar este assunto semanalmente até novembro.

No segundo bloco, o samba triste dos médicos e advogados, os profissionais deprimidos. Entre cascatas, teorias, tendências e muitas risadas, as elite confiam mais na mídia – porque nos políticos ninguém confia há muito tempo.

Yes, nós temos bananas. E Dan Koeppel também tem: ele escreveu o livro Banana: the fate of the fruit that changed the world, com direito a site oficial e blog onde ele discute até os tipos e sabores das bananas brasileiras – veja aqui. A fruta é fálica e pobre, mas sua importância geopolítica não é vulgar. Se Eva tivesse comido uma banana em vez de uma maçã, o mundo seria uma coreografia de Busby Berkeley.

Alguém disse que o Ricardo torce contra a economia americana? Leiam a matéria que ele indicou, publicada no último dia 27 no The New York Times: Waving goodbye to hegemony.

[aproveitando a deixa, pausa para o momento styling: a colombina Lúcia deu adeus ao alaranjado alegre e entrou na avenida vestida de marrom-coveiro. O paletó cinza-arroxeado do Ricardo só ficou bem porque ele é gatão, e Lucas estava alinhadíssimo, com o melhor ensemble dos últimos tempos. E o ursinho Caio, sócio da Amorim-Blinder consultoria financeira, está mesmo ganhando muito dinheiro: além de caprichar na gravata, estava com camisa e paletó chiquérrimos – Oscar de melhor figurino para ele]

No último bloco, a moda de Ana Beatriz Lerário e o filme Persepolis, de Marjane Satrapi. Veja o site da estilista aqui, o site do filme aqui, e o trailer aqui.

I wonder why does ev’rybody look at me
And then begin to talk about a Christmas tree?
I hope that means that ev’ryone is glad to see
The lady in the tutti-frutti hat

Fórum da semana: Qual é a profissão mais deprimente do mundo? A resposta do Caio não foi mineira: “Fora da Europa, desempregado.”

Músicas e locais da semana: 1 – Paulo Francis (veja vários vídeos e matérias com Paulo Francis na página inicial do fã-clube, na área Vídeos/Reportagens). 2- Evento Villa-Lobos – Encontros com o Brasil, no Carnegie Hall. Música: O Polichinelo, com Marcelo Bratke. 3 – Tibet Bazzar. Música: Tibetan meditation music, com Nawang Khechog. 4 – (Boa noite) – Filme: Nosso tipo de mulher. Local: Tortilla Flats. Música: Supernatural radio, com Tom Petty & The Heartbreakers.

Página inicial do fã-clube do Manhattan Connection.

5 Respostas to “34o. post – MC de 3 de fevereiro de 2008”

  1. claudia :-) às 11:41 #

    MC Gordo!
    Nunca ouvi falarem tanto em eleições americanas como hoje. O povo gosta de tragédia mesmo. A economia vai mal e tentam eleger um novo herói. Como o Fatman não se arrisca, Hillary sai na frente dessa campanha “cardápio”. Vestiu-se com um terninho amarelo ovo, cheio de proteína e sacou que o caminho certo é o da mensagem subliminar da comida. Inteligente. Vai vencer.
    E os MCs alimentaram tanto essa terça gorda que a coitada deve estar obesa mórbida. E pensar que ela vai ter até 05/11/08 para ser lembrada como gorda. Ninguém merece isso. Muito menos eu, que faço aniversário 05/11. Já resolvi que não vai ter bolo. Abaixo o açúcar!

    Ihhhh! Uhhhhh! Caio leva bronca até em replay de reportagem. Estão de complô. Tadinhuuuu!

    Depressão. Segundo pesquisa descoberta pelo Lucas – que segundo Caio e Ricardo, distorce as coisas – os médicos e os advogados americanos estão se deprimindo. Melhor então pegar o pessoal deprê e colocar no lugar dos roteiristas de Law&Order, Grey´s Anatomy, CSI, E.R., etc… Acabaria essa greve na hora. Esse pessoal deprê tem bagagem.

    Sobre prostituição só me resta dizer que o comentário do Diogo foi sensacional. “Elas devem ser- deprimidas- mas fingem que não são… a profissão delas é fingir”.
    Mas também concorda qdo Lucas fala sobre pesquisa informando que a elite brasileira acredita na mídia. Então tá. Mino Carta falou tá falado.

    E esse negócio dos MCs se chamarem de “urso”?

    Caio sonha. Não acredita que os EUA pegam dinheiro com os Chineses e repassam para os Árabes. No último documentário que vi, um entrevistado dizia que 25% do capital americano estão nas mãos dos árabes.
    Eu acredito. Vou me camuflar e abrir uma filial da Habib’s em NY. Se não tomar cuidado, eu mesma serei a esfirra aberta da propaganda: Redonda!

    E esse negócio dos MCs discutirem bananas? Fruta fálica. Urso e banana. Sei lá.

    Banana é dieta de pobre. Pobre “janta” banana. Ueba. Olha eu na fita! Como uma banana nanica por dia, mas prefiro me parecer com esfirra, ok?

    E esse negócio de “esperar barbudinho” na praça? Urso, banana, barbudinho na praça…Sei lá.

    Que ninguém envie a tal caixa de uísque pra eles ou teremos um episódio parecido com o da série Friends, onde um enrola várias camadas de plástico bolha na cabeça para o amigo ficar dando socos. Vai ser briga na certa. Envie água brasileira para o Lucas. É capaz de ele morrer de sede.

    Moda: Pq qdo um estilista diz que na roupa foi usada “textura”, o que vemos é roupa amarrotada, rasgada, manchada, mal acabada, etc…? Ainda bem que a Sra Ana Beatriz é uma novaiorquina que nasceu no Brasil. Ainda bem que aquelas roupas de tecido de sofá e cortina são vendidas por lá.

    E para as americanas “sujinhas”, que trabalham o dia inteiro com uma roupa e na hora de sair trocam apenas os sapatos: existe um produto brasileiro vendido no site da Sack’s perfumaria chamado “mousse de limpeza”, da marca Be. Tenho sempre na bolsa para limpar as mãos. Baratinho. Acredito que em caso de urgência deva servir para outras coisas.
    Vou tentar fazer uma “ponte” entre a estilista que tem clientes sujinhas e o fabricante da mousse. Vai vender como água, ter a finalidade de água sem ser água.

    A animação iraniana era muito boba. Parecia com Rambo – a faixinha na cabeça – e o Chuck Norris – iááááá – juntos. O Ratinho é melhor.

    FRUTA FÁLICA: Urso, no vocabulário gay, significa homossexual gordinho e peludo; uma parte muito poderosa da comunidade gay americana.Vi uma reportagem na Rede TV! eqto estava na praia que não tinha TV a cabo. Pegou mal esse negócio de Urso esperando barbudinho na praça, comendo banana? Muito mal…com L.
    Gordinho…peludo… Sobrou para o Caio…rs.

    COLÍRO: O Elmo. Adoro o Elmo. Apareceu na capa da revista que mostrava a moça de vida fácil.

    CONFETI DE PRIMEIRA: Lucas na capa de seu livro. Muito Bonitón.

    MARCHINHA: Tom Petty & The Heartbreakers.

    NINGUÉM MERECE: Ouvir o Ricardo e o Caio dizerem pra investir em imóveis nos EUA. Boa dia. O problema é ter dinheiro pra isso. Dá para serem mais humildes?

  2. Leandro Matos :-) às 0:33 #

    Eu nem vi o início do programa, não lembro de ter visto nada sobre paulo francis, mas hoje tirei pra ver umas coisas dele. Pena o Gnt não ser bom para reprises, nem especiais e nem produz um DVD do Manhattan. Só passa reprise do Manhattan Connection na segunda, e só. Quem não viu não verá.
    Ainda sobre paulo francis, para quem pouco viu ele, como eu, fica só a vontade.
    Hum… o melhor do programa é a parte da política, pra mim. E na semana da superterça vamos ter… betty lago…péssima troca, hehe.

  3. Patricia F :-) às 13:09 #

    Esta semana não assisti ao programa MC…
    Mas os participantes (e ex) estavam comigo! ;-)

    Econtrei o RICARDO AMORIM na revista Dufry. Na Reportagem ‘Pequenos Segredos de Nova York, onde ele recomenda alguns lugares para passear em NY, como: “difícil pensar em um programa melhor do que passear pelo Soho num dia ensolarado de verão, outono ou primavera” e o Bryant Park, em Manhattan (local da foto, e que foto!), “Aproveito o fato de o parque ser próximo ao meu trabalho para dar uma volta e relaxar na hora do almoço”. Ele tambem prefere o Time Warner Center, que diz ter “um café delicioso, uma livraria espetacular, o Jazz at Lincoln Center, alguns dos melhores restaurantes da cidade e a melhor vista do Central Park”. Na gastronomia ele tem uma recomendação, o bar Ava Garden, “Além da vista maravilhosa de Manhattan, esse bar na cobertura do Dream Hotel normalmente é povoado por gente bonita e não está entre os bares mais complicados para conseguir uma mesa”.

    Encontrei, também, CAIO BLINDER. Ele estava na revista da TAM, na reportagem ‘Dez razões para conhecer Nova York’. A reportagem começa com o seguinte texto: “O jornista Caio Blinder vive de dar pitacos. Bons pitacos. Sobre tudo e todos”. rsrs
    Caio indica para uma viagem inesquecível pela Big apple o Time Warner Center, o restaurante P.J. Clarke´s, o restaurante Wolfgang´s Steakhouse e o baratinho Oyter Bar. Na Broadway ele indica a comédia Monty Python Em Busca do Cálice Sagrado (Spamalot) e no Jacobs Theatre a peça musical Rock’N’Roll. Para ele a Rua 51 é inesquecível. Não resiste às massagens do Foot Long Live (chinatown), o café e o banheiro da Starbucks. E para obra prima o museu Flick Collection.

    O nosso ex-integrante NELSON MOTTA estava comigo na Welcome Congonhas, falando um pouquinho sobre o sucesso do seu novo livro “Vale Tudo – O Som e a Fúria de Tim Maia”.
    Estou lendo o livro. Vale a pena, vale tudo… o livro é realmente muito bom e o TIM era muito, muito louco!!!

    Bem… trouxe uma revista Dufry para o Blog, mas o MARCOS com toda sua eficiência já conseguiu uma. CLAUDIA, se você quiser o exemplar, me envia seu endereço.

  4. marcosalexandre :-) às 13:45 #

    Realmente foi uma coincidência… depois de boas horas perdidas na caça à Dufry, no exato momento em que eu estava postando a matéria completa no fã-clube, recebi o e-mail da Patrícia dizendo que ela tinha conseguido a revista. Mas Patrícia, me manda as outras duas, com matérias do Nelson e do Caio, para eu postar lá também ;-)

    Marcos

  5. claudia :-) às 9:30 #

    Patricia…

    Quero sim.
    Mande um e-mail para clau@metalnet.com.br e te envio meu endereço.
    Obrigada

Deixe uma resposta

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s