58o. post – MC de 6 de julho de 2008

7 jul

O post desta semana começa direto com o momento styling – pois além de compor o melhor time político e econômico da TV brasileira, esta semana os manhattans formaram também a mais bem vestida equipe da telinha. O Oscar de melhor figurino vai para o Ricardo, que combinou uma gravata moderníssima com a clássica dupla paletó preto + camisa branca e era o manhattan mais elegante da bancada – mas sem desmerecer seus colegas: Lucas foi ousado, repetiu a gravata e levou o Goya de melhor peça de roupa roubada de Pedro Almodóvar. Caio, de terno azul escuro, camisa azul e gravata vermelha estampada, estava bem jovial e ganhou o GLAAD Award de roupa mais alegre. Lúcia estava ótima na fase pretinho básico, mas mostrou que também sabe ousar na cor e no design: as roupas estilo seventies que ela tem usado são bonitas e caem bem, dando um ar de modernidade sem deixar de lado a sobriedade e elegância. Troféu Age of Aquarious para ela. E o Diogo, que na semana passada já usou uma camisa nova, repetiu o feito e nesta edição do MC estava outra vez com uma camisa azul em um tom diferente. Leva o Troféu Sabrina Sato de criatividade e estilo.

No primeiro bloco deu zebra na Colômbia, as FARC foram humilhadas e Lucas foi brilhante. Não tem discordância – mas pode ter mutreta. É questão de inteligência – fabricada pela máquina de propaganda da CIA. Ingrid Betancourt deu declarações sensatas, e quem acabou derrotado foram Chávez e Lula – este, aliás, já abriu 6.500 vagas para terroristas em seus ministérios… será que isso também vai aparecer no filme a ser estrelado por Angelina Jolie? Enquanto isso, na África, Nelson Mandela, Robert Mugabe e Thabo Mbeki apostam na loteria democrática de Botswana e do Zimbabwe. Tem gente que acha que o ocidente quer jogar os irmãos negros aos tubarões – mas basta lembrar quem fechou a porteira. E se a China e a Índia estão dando uma mãozinha por lá, na américa latina temos cerca de uma ditadura, e o Irã será bombardeado – por Obama ou por Israel. Está tudo no artigo da The New Yorker que o Lucas indicou: Preparing the battlefield, de Seymour M. Hersh.

No segundo bloco, o ouro azul do Rockefeller moderno T. Boone Pickens – que tem um site super compreensivo e ecológico aqui. Ele já afundou o swift boat de John Kerry, mas hoje está em cima do muro – de onde tenta jogar água no petróleo do Obama. Falando em água: ninguém entende por que a conta do Lucas é de 1.600 dólares por ano. Eu acho que é porque o urso que é amigo da Chuchu e mora no apartamentão com eles deve esquecer o chuveiro aberto depois do banho. Chamem um adestrador qualificado que ainda não tenha ido ao Brasil preencher uma das tantas vagas em aberto anunciadas pelo The New York Times em Wanted: skilled workers for a growing economy in Brazil.

Angélica, show us the money. O dinheiro dos outros invade NYC, seja em excursões de britânicos a procura de roupinhas mais em conta ou nas transações imobiliárias de alto luxo. Lá as lojas têm preços em yen – coisa que não acontece no Rio, porque os cariocas não têm a virtude de ganhar
dinheiro como os paulistanos. Até Diogo Mainardi mudou de idéia e agora vai a São Paulo apoiar a campanha Cidade Limpa. E Leona Helmsley, que deixou uma fortuna para cachorros, bem que poderia ter destinado uma parte de sua fortuna para financiar a Caio Blinder Television: 24 horas sem promiscuidade no ar. Ia dar mais audiência que Pantanal.

Para terminar, deu a louca nos russos – e também nos novos ricos indianos e chineses, que pagam 35 milhões de dólares por um quadro de Lucien Freud. As casas de leilão dobraram seu número de clientes e a arte de grandes mestres não está dando sopa no mercado. Eu achei o quadro do Freud horrível e não pagaria nem 35 reais por ele. A culpa é da bolha e do robô pequeno de coração grande: no cinema paraíso, Wall-E é amigo de uma barata, vive sem humanos e se apaixona pela robozinha Eve. O site oficial está aqui, o trailer aqui e uma featurette aqui. Só não entendi por que o Lucas disse que o filme não tem diálogos, pois a featurette traz justamente entrevistas com três atores que fazem vozes de personagens (Sigourney Weaver entre eles). Parece que o filme é sombrio – mas fala com todos os públicos sem insultar a inteligência de ninguém. Aliás, eu acho super estranha esta mania que as pessoas têm de achar que filme de animação é coisa de criança. Eu já vi Queer Duck na sessão infantil em uma locadora… será que ninguém nunca assistiu South Park, Family Guy ou American Dad?

Fórum da semana: Com petróleo e água, o que pode dar errado no Brasil? “Ir com muita sede ao pote”, responde Caio Blinder.

Músicas e locais da semana: 1- Musical As Bacantes no Lincoln Center. Música: original da peça. 2 – Exposição Trade no Museum of the City of New York. Música: Beyond the sea, com Stephane Grapelli & Django Reinhardt. 3 – Restaurante Brazil Brazil. Música: In the night, com Basia Bulat. 4 – (Boa noite) – Filme: Lado a lado. Local: Restaurante Cowgirl. Música: Baby love, com The Supremes.

E o programa da Fernanda Young com a Alice Braga, hein? Estava tudo de bom, e fez uma ótima conexão com o Manhattan: afinal, eles já haviam falado dela várias vezes no MC, e parece que ela é mesmo a nova namoradinha do cinema internacional. O Irritando FY foi excelente – só não concordei com aquele negócio de Javier Barden… o Johnny Depp é muuuuito melhor :-)

Bônus do blog: em alusão às animações inteligentes e para adultos, e em homenagem ao lobby gay que anda aparecendo no programa, a melhor seqüência do longa do Queer Duck: a da musiquinha Baseball is gay.

Página inicial do fã-clube

2 Respostas to “58o. post – MC de 6 de julho de 2008”

  1. joao antonio :-) às 11:22 #

    bom dia marcos
    voçe sabe o nome e o autor do livro que o ricardo indicou sobre a saúde? as indicações dele são muito boa e eu queira aproveitar mais essa.
    vlw ae^^

  2. Marcos :-) às 11:31 #

    O livro é DILEMAS E ESCOLHAS DO SISTEMA DE SAÚDE, de MARCOS BOSI FERRAZ. EDITORA NETBOOK.

Deixe uma resposta

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s