59o. post – MC de 13 de julho de 2008

14 jul

A Conexão que é pró-míscua e anti-míscua ao mesmo tempo fica em cima do muro e fala sobre a semana difícil no mundinho. A economia não sabe para onde vai, e o Irã mata a cobra e mostra o pau. O apocalipse já tem data marcada e será no próximo dia 12/12, o dia do Santo Limpíssimo. O ataque vai vir de Israel, mas a culpa será dos americanos. Só quem respira melhor são os indianos, que não se sujeitam a acordos fajutos e não ligam para os vexames do Lula, que na reunião do G8 no Japão entornou uns copos de etanol e reclamou do tratamento dado aos brasileiros na Europa. Enquanto isso, os Estados Unidos colocam um muro entre eles y los hermanos – mas Obama e McCain pulam a cerca em busca do voto latino. O muro é sólido e está em alta, mas não  funciona para conter o terrorismo. É a evolução da espécie.

[pausa para o momento styling: na semana passada eu disse que o melhor time político e econômico da TV brasileira era também o mais bem vestido, pois todos os manhattans estavam alinhadíssimos. Bem, nesta semana, eles continuam sendo o melhor e mais bem vestido time da TV, mas… cadê a
criatividade? Exceto pela Lúcia, todos estavam com roupas parecidíssimas com as da edição anterior do MC. A primeira impressão é que eles gravaram dois programas seguidos no mesmo dia e só trocaram a gravata de um para o outro! Anyhoo, a bicicleta do Diogo pode não funcionar muito bem, mas ele conseguiu dar uma boa pedalada pelo calçadão para pegar um sol – sua cor de Menino do Rio estava ótima, e continuo achando que ele deveria ir de camiseta regata ao MC, pelo menos uma vez. Lúcia apostou em uma blusa com corte de inspiração oriental e tom clarinho: ficou bem e combinou com o cabelo, mas cores escuras e estampas estilo seventies ficam bem melhor para ela. Mas pelo menos ela mudou o visual, ao contrário de seus colegas de bancada: Caio repetiu o ensemble terno em tom cinzento + camisa azul + gravata vermelha. A combinação fica bem para ele – mas fica muito pesada sendo usada em dois programas seguidos. Lucas fez igual, repetiu quase tudo e só mudou a gravata, trocando aquela do Almodóvar por uma roxinha de estampa indiana – bem bonita, por sinal. O Ricardo também manteve as mesmas cores da semana passada, e até a gravata era quase igual. A sorte é que com isso o que apareceu bem foi o relógio dele: grande, com caixa retangular e fundo preto. Será que é novo, ou eu nunca tinha percebido? Não gosto de relógios, mas o do Ricardo ficou tão bonito que, em uma semana de roupas repetidas, acabou salvando a pátria na hora certa: Oscar de melhor figurino para ele]

No segundo bloco, os velhinhos têm educação e disposição, mas não conseguem emprego. 80 é o novo 50, mas 60 ainda é 60 e ninguém quer quem tem mais de 40. Tem lógica econômica – mas tem preconceito também. John McCain não sabe o que é viagra e nem usa computador – ao contrário de Warren Buffet, o bilionário que só confia nele mesmo. E o Brasil, que é um país jovem e imaturo, pode não ter o “super” de superpotência, mas tem um relatório compreensivo lançado pelo Financial Times (veja na internet aqui, ou baixe completo em PDF aqui). Ainda na imprensa: Chávez põe as manguinhas para dentro, e Lula não cresce – mas incha (a piada fica tão óbvia, não é?!), e Diogo Mainardi revive a entrevista que fez com Daniel Dantas em 2006. Para ler a matéria do The New York Times clique aqui, e para ler a entrevista de Mainardi com Dantas, aqui.

A seguir, o jovem escritor Richard Price vai fundo no Lower East Side com um crime no restaurante. Seu universo urbano tem drogas, sonhos, pesadelos e tacadas certeiras – mas não tem prestígio na FLIP. Seus romances são nostálgicos e lidos por yuppies que pagam uma fortuna para morar nos cortiços de onde seus avós só queriam sair. Para entender a ironia, leia o livro Lush Life – ou pelo menos um trecho grátis na internet aqui.

No último bloco, Humberto Werneck, o mineiro não-praticante que escreveu a biografia de Jayme Ovalle. O livro já foi tema de um momento jabá no MC e seu site oficial até já apareceu aqui no blog – mas Ovalle, o paraense que só lia a bíblia e que nunca aprendeu inglês continua a ser desconhecido para a maioria dos mortais. Ele bebia uma garrafa de whisky por noite, e via anjos. Tinha a arte, mas não tinha os meios – e por isso é uma luz refletida nos outros. E a próxima biografia a ser escrita por Werneck será a de Caio Blinder, nosso querido personagem secundário de todos os domingos.

Fórum da semana: Com que idade as pessoas deixam de ser produtivas? Lúcia não ficou em cima do muro e deu a melhor resposta: “A pergunta não faz sentido. Produtividade depende de saúde física, mental, vontade própria e atividade exercida. Um cientista aos 60 pode ser produtivo, um atleta, não.”

Músicas e locais da semana: 1 – Chrysler Building. Música: Two by two, com Steve Kuhn. 2- Restaurante Broadway East. Música: Who your real friends are, com The Homemade Jamz Blues Band.  3 – Exposição Madagascar, no Bronx Zoo. 4 – (Boa noite) – Filme: Reflexos da amizade. Local: Jardim do Jefferson Market. Música: As, com Stevie Wonder.

Bônus da semana: com inspiração em todos os muros mencionados no programa, lembrei de um outro muro também tão ideológico quanto os outros, e que fez parte da cultura pop de uma geração: aquele da música do Pink Floyd.

Página inicial do fã-clube

2 Respostas to “59o. post – MC de 13 de julho de 2008”

  1. Filipe Guilherme :-) às 20:39 #

    SIMPLESMENTE SENSACIONAL! os lugares e a trilha sonora dos lugares da semana! The Homemade Jamz Blues Band e Steve Kuhn foram de extremo bom gosto por parte da Angélica, pena que não tenho e-mail dela para elogia-la mas fica o registro aqui! Achei que fosse dado um espaço um pouco maior pro Werneck e para o Caso Daniel Dantas. Enfim… que sabe nessa semana eles gravem alguema coisa!

    Abraço

  2. Angelica Vieira :-) às 13:20 #

    Muito obrigada aa voces que apreciam nosso trabalho.
    Faco com muito carinho e me deixa muito feliz o reonhecimento
    e os elegios como os de Filipe Guilheirme.
    Mais uma vez, obrigada.
    Abracos,
    Angelica

Deixe uma resposta

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s