63o. post – MC de 7 de setembro de 2008

8 set

A Conexão Queimada começa colocando fogo nas convenções dos partidos americanos. O festival acabou – ainda bem – mas não sabemos quem venceu. Caio adora futebol, mas não chuta, não joga a toalha e nem tem medo de Sarah Palin, a moça desconhecida do Alaska que reforça a mensagem do Iraque e contraria o senso comum. Viva a Hillary! Enquanto isso, no outro lado do mundo o muro caiu – mas a Rússia continua do lado de lá: não tem categoria, usa roupas cafonas e está começando a II Guerra Fria Mundial. Os tanques estão no quintal e o ocidente não sabe como lidar com o urso que é movido a petróleo e ameaça a si mesmo.

Pausa para o momento gêmeas-separadas-na-maternidade: já que esta semana foi a estréia do novo 90210 na TV americana, me respondam: a vice de McCain não é a cara da Gabrielle Carteris? 

No segundo bloco, chumbo neles: a guerra das TVs a cabo americanas tem como arma os torpedos da lésbica e liberal Rachel Maddow. Entre FOX e MSNBC não existe objetividade, e o time da CNN não é tão bom como o do Manhattan Connection. Pelo menos todos os lados estão cobertos, e Rachel faz o contraponto que faltava nesta eleição que virou um reality show com trama teatral mais importante do que aquela chinesada. O Ricardo gosta mais dos chineses do que da Rachel – para ter sua própria preferência, veja vários vídeos dela aqui, e ouça o The Rachel Maddow Show no site da Air America
Radio aqui. E enquanto Diogo ri porque Obama vai ganhar no mundo todo menos nos EUA, Caio vem para o Brasil esta semana proferir uma palestra (informações aqui) que referencia aquela coluna sobre anti-semitismo que o Diogo publicou na Veja em maio (e eu publiquei também no blog aqui).

[pausa para o momento styling: na semana de moda, o tradicional paletó risca-de-giz foi a escolha do Lucas e do Ricardo. Os dois escolheram bem e estavam super elegantes: o Ricardo de terno cinza claro com camisa branca e gravata vermelha, e o Lucas de terno escuro e gravata preta-e-branca com estampa geométrica – que se não era a mesma que o Caio usou na semana passada, era bem parecida. Aliás, a gravata do Caio era a melhor da mesa: atual, vermelha e branca com motivo de ares geométricos. Pena que a camisa não era a ideal: o azul destoou por ser forte demais. Mas às vezes é melhor pecar por excesso – pois o que era aquele top marrom-apagado da Lúcia? Onde estão as blusas modernas, arrojadas e coloridas (ou mesmo as belas pretas) que ela estava usando antes das férias? A Lúcia simplesmente sumiu na bancada… E quem apareceu mesmo foi a Lilian Pacce: super maquiada, com cabelo estilo acabei-de-sair-do-salão e com um top bufante que poucas pessoas seriam capazes de segurar com elegância. Desculpem manhattans, mas esta semana o Oscar de melhor figurino vai para a convidada :-))]

A seguir, o buraco do 11 de setembro é mais embaixo – embaixo do iceberg, para ser mais exato. Não houve outro atentado contra os Estados Unidos, mas a infra-estrutura é um caso de insegurança nacional. Em um país com economia fragilizada, o Estado não dá conta do recado, e a dica de investimento do Caio é apostar nas privatizações de estradas e aeroportos. O mercado afundou, e na China deslumbrada as bases são horrorosas. E o ninho?

No último bloco, Lilian Pacce foi cobrir a semana de moda de New York. Eu falei com ela pessoalmente no dia da gravação do especial de 15 anos do MC em São Paulo, e no post sobre o evento mencionei o quanto a admiro por ter feito do GNT Fashion um verdadeiro show de informação cultural que é sem dúvida o segundo melhor programa da televisão brasileira – pois o primeiro lugar é do Manhattan e ninguém tasca. E olhem que isso eu já venho falando há anos – como por exemplo neste perfil da Lilian com uma pequena entrevista que eu fiz para o site ParouTudo aqui, e nesta resenha que escrevi sobre o livro dela para o Finíssimo aqui – tudo em 2006. Voltando ao MC: Lilian não vestiu a saia justa do Lucas, e comparou Michelle Obama a Jackie O. Quando será que a Sarah Palin vai soltar o cabelão? Talvez quando passar a comprar na loja da Osklen, pois o Brasil está na moda: o segmento cresce 5% ao ano apesar dos choques culturais das marcas que não dedicam tempo para conhecer o mercado americano. Lúcia entrevistou Edson Paes: a conversa parecia interessante, mas depois que ele soltou um “a nível de” eu não consegui mais prestar atenção. Bem mais interessante foi a explicação da Lilian sobre o calendário da moda e a decodificação de conceitos feita pelas marcas americanas – que aliás não vivem só de CK, Ralph Lauren e Donna Karan. Para saber tudo sobre a semana de moda em NYC, veja o blog da Lilian Pacce – e para saber tudo sobre moda sempre, dê uma passadinha regular no blog do Marco Sabino

Fórum da semana: a imprensa brasileira privilegia o Obama? Ricardo disse pouco mas disse tudo: “Claro que sim. Porque ela é anti-Bush!”

Músicas e locais da semana: 1 – Broadway Boulevard. Música: Young friend, com Brooke Waggoner. 2 – Ruas de NY. Música: No, not much, com Pamela Luss. 3 – Loja da Osklen no Soho. Música: Be OK, com Ingrid Michaelson. 4 – (Boa noite) – Filme: Três vezes amor. Local: Café Gitane. Música: Come as you are, com Nirvana.

Bônus da semana: já que as fotos da abertura deste post são de desfiles da coleção 2008/2009 da Rosa Chá (masculino em SP, feminino em NYC), nada mais justo do que o bônus trazer um videozinho da fila final de cada um deles, respectivamente. Afinal, esta grife faz muito sucesso lá fora – tanto que a coleção masculina é mostrada no Brasil, mas a feminina é só nos EUA… 

Página inicial do fã-clube

7 Respostas to “63o. post – MC de 7 de setembro de 2008”

  1. Gerana Damulakis :-) às 21:44 #

    O programa está gastando muito tempo falando da eleição norte-americana para presidente. Fico sentindo um gostinho de que estou, não em um país independente mas, em uma colônia. Em suma, está chato. Teremos eleições aqui no nosso país este ano, será que eles sabem? Seguramnete não interessa, não vivem aqui. Tiro DM deste comentário, afinal ele apenas segue a linha do programa, ou seja, falar das eleição dos EUA,e pelo menos ele tenta falar do Brasil. Repito: continuando assim, pararei de assistir.

  2. Marcos :-) às 8:35 #

    Oi Gerana,

    Concordo que eles falam muito nas eleições. Não vejo a hora de este assunto acabar!!!

    Mas temos que levar em consideração alguns pontos:

    – O nome do programa é MANHATTAN CONNECTION, ou seja, é uma conexão com o que está acontecendo em Manhattan. E lá, o que está acontecendo de mais importante agora são as eleições mesmo. Então eles têm que falar sobre isso.

    – Eles não poderiam falar das eleições no Brasil este ano, pois estas são para prefeito de cada cidade. Seria impossível cobrir tudo.

    – Quando acontecem as eleições para presidente do Brasil, o MC dá bastante espaço ao assunto e faz uma boa cobertura, inclusive com programas ao vivo muito interessantes. Então não dá para dizer que eles não cobrem as eleições brasileiras, pois isto eles fazem muito bem. Mas, é lógico, só no caso das eleições para presidente.

    E você, torce para o Obama ou para o McCain??

    :-))

    Marcos

  3. Marcos :-) às 17:51 #

    MENSAGEM RECEBIDA POR E-MAIL:

    Oi Marcos,
    Estou tentando enviar um post mas a wordpress est� com um erro e nao consigo envi�-lo. Em resposta ao seu �ltimo post porque nao propomos uma boca de urna na NOSSA conex�o para as elei��es americanas e a� checamos se, como disse o Ricardo, � s� a imprensa que � anti-Bush.

    Abra�os,

    Renata

    ***************

    E JÁ RESPONDENDO:

    Não lembro de o Ricardo dizer que “só a imprensa é anti-Bush”. Até porque sabemos que inúmeras pessoas e instituições também são. Eu mesmo não simpatizo nada com ele. Mas eu acho que o McCain vai ganhar as eleições, pois o Obama me parece muito vazio. Os discursos dele (pelo menos pelo pouco que eu vi) não me parecem convincentes. Ele parece ser uma pessoa sem muita personalidade. Se eu morasse nos EUA, não votaria nesta eleição…

  4. Gerana Damulakis :-) às 18:00 #

    Não torço nem por um, nem por outro, porque nada tenho a ver com quem preside os EUA; o problema é deles. E, creio, foi-se o tempo quando o Brasil tinha ligação tão direta com quem governava a antiga grande potência.
    Tudo bem, o nome do programa remete aos acontecimentos da ilha. Sendo assim, deveria haver mais espaço para RA falar de economia (isto sim, interessa a todos). O homem abre a boca por 2 minutos e logo é interrompido.
    Quanto ao nosso pleito, aos nossos possíveis prefeitos, é um assunto até mais divertido que Obama x McCain: Maluf ainda existe?; Antônio Carlos Magalhães voltará na pele do neto?;o ex-presidente da Câmara, aquele que se envolveu no lance da propina pedida ao dono restaurante da casa, é candidato a prefeito? etc etc etc.
    Vamos deixar de ser colônia? EUA, já eram!

  5. Renata :-) às 21:51 #

    oi Gerana,

    Você tem razao. O assunto é mais divertido porque o nosso país nao é serio. Se fosse, nós não veríamos tanta gente despreparada tomando decisões importantes seja na prefeitura, governo estadual ou federal, e pior: o que vem por aí também nao mostra seriedade e compromisso com o que o povo precisa.

    Eleição é um assunto sério…

  6. Gerana Damulakis :-) às 21:41 #

    Oi, Renata

    Concordo: eleição é um assunto sério. Escrevi que seria mais divertido usando de ironia e, também, porque o programa visa entretenimento. Sendo assim, se é para entreter, para divertir, teríamos muito assunto com as nossas eleições. Por outro lado, não vejo a coisa ser séria nos USA: é, sim, triste. Basta lembrar que Bush não foi eleito pelo povo. Como pode um país tão democrata ter um sistema de contagem de voto tão torto? Democracia temos nós ( de verdae, sem ironia). O que não temos é gente séria que mereça ser eleita.

  7. Renata :-) às 12:19 #

    É verdade, você está certa.
    Nao temos gente que mereça ser eleita nem gente que saiba votar, basta ver o que temos atualmente e os resultados assustadores das pesquisas prévias para a prefeito.

    Um grande abraço.

Deixe uma resposta

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s