87o. post – MC de 22 de fevereiro de 2009

23 fev

cartoon-chipanze

Os surdos da Conexão Genial começam falando do samba do Obama, que não desafina e dá um pirulito para o povão. A economia se ajusta às
consequências do excesso de consumo e a casa ainda não caiu: há pouca gente sem teto – mas todo mundo está sem fundos. Diogo Do Contra Mainardi usa o bordão “vai piorar antes de melhorar”, e gosta do paradoxo que não funciona: a solução para a crise é consumir mais. Enquanto isso, os bancos suíços estão abrindo o biquinho e o prudente e conservador Canadá encontrou o seu norte, não afundou e nem vai afundar. Obama foi visitar o vizinho para aprender a tocar reco-reco e Ricardo explicou que não foi o Canadá que cresceu: os outros países é que encolheram. Além da areia com piche, o que há de errado por lá? Não é a falta de humor – como bem dizem Lorne Michaels e Denys Arcand (aliás, fica aqui uma dica: alugue os dvds de O declínio do império americano e As invasões bárbaras e assista-os back-to-back. É uma experiência genial!).

No segundo bloco, a arma dos republicanos: o partido de Abraham Lincoln
criou vergonha na cara e faz o que pode para abraçar as minorias com Michael Steele. “Dane-se o voto negro” foi um bordão que funcionou por muito tempo – e se hoje cerca de 1% dos delegados republicanos são negros, o comentarista da Fox que se comunica com a classe baixa não adianta nada. A questão racial cresceu nos Estados Unidos por causa de um cartoon bobo que causou uma reação idiota, e a história do chipanzé no New York Post é um pequeno assunto para deixar de falar da crise. Diogo Mainardi também aproveitou e fez a sua conexão na genial coluna Sob o domínio de Travis, e Caio Blinder analisou a vitória de Chávez em suas geniais colunas No país de Chávez, o Estado “soy yo” e Chávez e tentações caudilhescas na América Latina.

A seguir, um pecado: as escolas católicas de New York estão entrando em uma Via Crucis sem salvação porque a vasta população de imigrantes não consegue pagar as mensalidades e porque a Igreja gastou muito dinheiro nos processos de pedofilia. A educação sexual é feita fora da sala de aula, e nem Frei Beto consegue salvar a alma de Lucas Mendes – que por sua vez tenta converter o pedagogo Diogo Mainardi à mineirice. Brasil na imprensa: mais uma vez o governo mentiroso e demagógico fez o país sair mal na foto, e o Financial Times fala das escolas de São Paulo em Brazil’s schools get a
lesson in basics
.

Para terminar esta edição genial os manhattans falam de Jerry Lewis, o
campeão de caretas que finalmente é tratado com respeito e leva o prêmio de consolação do Oscar. O palhaço genial (ou gênio palhaçal) é melhor do que Jacques Tati e só foi levado a sério pelos franceses da Cahiers du Cinéma – que podem ser uns bananas, mas deram a Lewis a dignidade cultural e a sofisticação cênica merecidas. No momento jabá, Lucas indica o genial livro João Carlos Martins, de Stefan Gan, e no bolão do Oscar o genial Pedro Andrade acertou todas: Sean Penn levou mesmo a estatueta, assim Penélope Cruz, Danny Boyle e o morto. E como os manhattans previram, The curious case of Benjamin Button só ganhou nas categorias técnicas e Slumdog millionaire foi o grande campeão da noite. Pena que no Brasil a gente não possa assistir à cerimônia de entrega do Oscar, pois a transmissão com tradução simultânea e comentários de Rubens Ewald Filho, que explica até os momentos de silêncio, é simplesmente impossível de ver. Assim, a única maneira de saber quem ganhou os prêmios por aqui é acessar algum site no dia seguinte… Realmente é frustrante morar em um país em que não se pode assistir ao Oscar sabendo que o resto do mundo está vendo, não é? Ah, e ainda falando em Oscar: vocês viram as geniais fotos dos atores e diretores indicados este ano e fotografados por Annie Leibovitz para a Vanity Fair? Esta foto aqui embaixo é a de Danny Boyle com Dev Patel – mas todas são ótimas (confira-as aqui).

actors-directors-0903-pp01

Momento ManhaTIE Connection: esta semana o Caio foi o único que não escolheu uma gravata genial. Azul com bolinhas brancas, ela era até bonitinha – mas não combinou com o tom de azul da camisa. Pedro também usou a gravata e a camisa da mesma cor (mas os tons claros combinaram corretamente), e Ricardo fez o contrário: usou camisa branca com gravata escura com listras amarelas. E o Lucas foi com uma cinza com estampa geométrica bem interessante (aliás, ele vem mesmo caprichando no visual nos últimos programas, hein?!). O Oscar de melhor figurino vai para o Ricardo, e no pódio a medalha de ouro fica com o Pedro, a de prata com o Lucas e a de bronze com o Caio.

Fórum da semana: qual é o maior palhaço do cinema? Pedro e Lucas escolheram Jerry Lewis, e Caio, Ricardo e Diogo apontaram os geniais Stan Laurel e Oliver Hardy. Pelo menos acho que foi isso, pois esta semana o GNT não colocou as respostas do fórum no site :-|

Vinhetas da semana: 1 – Exposição Rock on Mars, de Stephen Sprouse na Deitch Gallery. Música: Venus, com Television. 2 – Livro Final salute – a story of unfinished lives, de Jim Sheeler. Música: Reflections, com Thelonious Monk. 3 – (Reportagem do Pedro Andrade) – Sweet Revenge e Republic (vale a pena entrar no site compreensivo da Sweet Revenge e ver a história genial de Marlo Scott). 4 – (Boa noite) – Filme: Três vezes amor. Local: The Odeon. Música: Don´t stop (thinking about tomorrow), com Fleetwood Mac – btw, banda que teve origem na genial Inglaterra.

Bônus da semana: há tantos vídeos geniais de Jerry Lewis no YouTube que
ficou difícil decidir qual seria o melhor para usar aqui. Então vou
aproveitar uma dica do Jorge Pontual e colocar uma cena de Dean Martin e
Jerry Lewis cantando That´s amore no filme The caddy, dirigido por Norman Taurog em 1953…

Página inicial do fã-clube do Manhattan Connection

8 Respostas to “87o. post – MC de 22 de fevereiro de 2009”

  1. Thaynara :-) às 16:03 #

    O Ricardo tem mesmo caprichado no visual! Mais um pouco e fica mais chique que o Pedro.
    O Diogo estava meio descontrolado ontem, pela primeira vez não gostei das participações dele…

  2. Marcos :-) às 17:22 #

    Entre o Ricardo e o Pedro é difícil dizer quem é o mais bem-vestido. Acho que os dois empatam…

    O cabelo do Diogo estava horrível esta semana, acho que isso afetou a capacidade de comunicação dele… Mas gostei mesmo assim, ele é sempre divertido.

  3. Renata :-) às 23:33 #

    Eu achei muito justa a homenagem a Jerry Lewis. Lembro de assistir seus filmes na “Sessão da Tarde” e era divertidíssimo. Inesquecivel a sequencia (de um filme que não sei o nome) da máquina de escrever, num exemplo super afinado de som e imagem, com a interpretação genial de Jerry Lewis, citado no link http://quadrodosbemois.com.br/2009/01/20/tergiversacoes-audiovisuais/
    blog do meu irmão), que vale a pena ser visitado.
    Um grande abraço a todos!

  4. Marcos :-) às 11:30 #

    Renata, eu ia mesmo colocar esta cena da máquina de escrever no bônus do blog, também adoro – mas achei melhor colocar uma cena com o Dean Martin, que foi um grande parceiro do Lewis e contribuiu para o seu sucesso. Agora estou com vontade de ver aqueles filmes do Jerry Lewis da Sessão da Tarde… heehhe

  5. Paulo Nuno Pato :-) às 7:42 #

    Para toda a Equipa do Programa,
    Parabéns!
    Sou um vosso fan de Portugal.
    Abraços
    Paulo Nuno Pato

  6. Cláudia :-) às 13:46 #

    Não acho o Pedro elegante. Nem bonito.
    Muuuuito magro.
    Ricardo agrada melhor meus olhos…rs

  7. Pedro e Perolla :-) às 1:21 #

    Quual é musica de abertura do programa e quem é o músico?

  8. Marcos :-) às 14:17 #

    Pedro e Perolla, vejam o post sobre a comemoração de 15 anos do programa, ali eu falo da música!

Deixe uma resposta

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s