100o. post – MC de 24 de maio de 2009

25 maio
ABBA Manhattan Connection 2
 
Nenhuma tortura cala os rastejantes da Cobras e Lagartos Connection, que dizem que fechar ou não fechar Guantánamo não é a questão. Obama ficou com a tarefa ingrata de limpar a sujeira do Bush e não sabe o que fazer com um punhado de prisioneiros. Com transparência e hipocrisia, ele voltou atrás – e Dick Cheney ganhou pontos. Caio Blinder e Diogo Mainardi leram o artigo de David Brooks, e deu confusão – mas o liberal Ricardo Amorim aprova a política externa do presidente americano, que herdou o leal soldado Robert Gates e que tem nele o seu melhor cara. Qual é a dele?
 
No segundo bloco, a Noruega tem menos de 5 milhões de habitantes e um frio do cão – mas é uma fábula. O país dos fiordes nada contra a corrente e a frugalidade rende frutos – inclusive pra Alexander Rybak, que depois dos suecos do ABBA ganhou o Eurovision (página da competição aqui, Alexander no MySpace aqui e vídeo da performance vencedora aqui). Lucas Mendes fez a pergunta óbvia: por que a Noruega é a Noruega? Ricardo Ibsen Amorim respondeu: porque o petróleo é do país e não do governo. Diogo Munch Mainardi vive em um país capitalista selvagem mas gosta de Oslo – e Caio Benny Björn Blinder, que acha que o ABBA é brega prá caramba, elogia o Daily Telegraph e explica por que o parlamento britânico está na fossa em sua coluna aqui.
 
A seguir, em Bagdá há mais jornais que atentados – mas no resto do mundo a imprensa está em crise e os jornais e revistas encolhem. Na notícia da semana, depois de 76 anos a Newsweek está de cara nova e os manhattans comentam o artigo A new magazine for a changing world, do editor Jon Meacham. O semanário sem notícia semanal roubou a ideia da The Economist, que falou do descolamento e das eleições na Índia e que é lucrativa e sofisticada – mas a Newsweek entrou numa furada. Enquanto isso, a boa notícia vem da China, como o carro elétrico da BYD.
 
Para terminar, o filme Anjos e demônios não é estrelado por Barack Obama e Dick Cheney, mas está nas telas do mundo todo. Quem gostou pode confessar – e quem não viu e não gostou, como o Diogo e eu, também. Aliás, já falei do Ron Howard uma vez aqui no blog e não vou perder meu tempo falando novamente. Não vejo nada dele, e concordo com o Diogo: o cara deveria ter se aposentado depois de ter atuado em Happy days. Apesar de ainda gostar do J. J. Abrams, o Pedro Andrade também achou o filme uma porcaria – e até o Caio reclamou da falta de sexo e de sal. E aproveitando que Minas Gerais produziu pouco esta semana, nosso tigre de New Jersey encerrou o programa fazendo o momento jabá com um livro paranaense: Luigi, o menino que ama a vida.
 
Momento ManhaTIE Connection: mais uma semana de boas gravatas na bancada do MC. A do Caio, de uma cor meio preta-arroxeada, estava bonita e super sóbria – assim como a do Ricardo, que no balneário também escolheu uma gravata escura e chique. A do Pedro, verdinha e fininha, estava moderna e jovial, e a do Lucas, com estampa coloridinha meio psicodélica, ficou no meio termo: ou foi presente do Hugo Estenssoro, ou ele comprou no site do ABBA. Troféu Eurovision para ele, e medalhas de ouro para o Ricardo, de prata para o Pedro e de bronze para o Caio.
 
Fórum da semana: deputado mal pago é mais produtivo ou mais corrupto? Caio disse pouco mas disse tudo: “Deputados bem ou mal pagos podem ser produtivos em causa própria.”
 
Vinhetas da semana: 1 – Mural Nature is love on earth, de Duda Penteado. Música: Happiness prevails, de Chico Hamilton. 2 – Exposição de Louise Fishman na Cheim & Read Gallery. Música: Bella, com Angus & Julia Stone. 3 – (Reportagem do Pedro Andrade) – Joyce Theater e Joe´s Pub. 4 – (Boa noite) – Filme: A história de Benny Goodman. Local: Carnegie Hall. Música: Sing, sing, sing, com Benny Goodman.
 
Bônus da semana: um clipe do ABBA cantando Chiquitita. Além do clipe ser brega por si só (mas certamente melhor que um filme do Ron Howard), reparem nos detalhes: uma pessoa da equipe técnica aparece andando atrás do cenário, e a Anni-Frid fica o tempo todo tentando tirar o cabelo voando no rosto. Vejam a tosqueira:
 
 

4 Respostas to “100o. post – MC de 24 de maio de 2009”

  1. Heloisa :-) às 19:03 #

    Marcos
    Parabens pelo 100o. post, vc decifra bem os caras,as vezes nao concordo com seu Momento ManhaTie Connection, as cores na tv sao ingratas. Por exemplo o Pedro estava de gravata preta, eu vi. Deixa pra lah, eh sempre divertido ler sua opiniao, isso eh que importa.
    um beijo
    Heloisa

  2. Marcos :-) às 21:30 #

    Oi Heloísa, tudo bem aí em NYC? Bem, nem todos podemos ter o privilégio de assistir ao MC ao vivo e a cores… Quem sabe um dia, né? Hehehehehe.

    Aqui a gravata do Pedro estava verde mesmo :-|

    Um abraço para você, para a Angélica e para os manhattans :-)

    Marcos

  3. Gerana Damulakis :-) às 23:10 #

    Parabéns, Marcos, pelo seu trabalho neste 100o. post, que é um prazer para nós, os fãs do MC.

  4. Thaynara :-) às 20:32 #

    Marcos, parabéns pelo 100o post!!!
    E eu adoro o ABBA! :D
    rsrs

    Beijos

Deixe uma resposta

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s