102o. post – MC de 7 de junho de 2009

8 jun
The Economist Educação Manhattan Connection
 
Na média, a Altos & Baixos Connection começa dizendo que é impossível escapar do Oriente Médio e suas crises cada vez mais perigosas e emaranhadas. Em uma tentativa significativa, Obama discursou no Cairo para tentar um diálogo com o islã que inventou a bússola – e jogou uma bomba contra Osama que estremeceu até a bancada do MC. Para sentir os efeitos da explosão, veja o texto e o vídeo do discurso do Obama, a coluna Obama escolhe o Egito do imóvel Mubarak para falar de mudanças, de Caio Blinder, a coluna Platitudes e asnices, de Diogo Mainardi, e os editorias do jornal The Jerusalem Post – e decida com quem concordar. Outro barril de pólvora nuclear explodiu ainda neste primeiro bloco e nas Coreias: estando ao norte a do mal e ao sul a quase do bem, o milagre econômico foi possível porque o dinheiro que sobrou da corrupção foi investido no lugar certo – pelo menos é o que dizem Diogo Mainardi e a revista preferida do Caio na reportagem Still a lot to learn. Enquanto isso, na Inglaterra é bye bye Brown, e na entrada de Cuba na OEA ninguém ganhou nem perdeu – mas a abertura vai derrubar o Fidel.
 
A seguir, a feira do livro de New York está cheia de romances com vampiros e o papel do livro eletrônico ganha mais importância com a anemia que ataca a venda de livros impressos. O formato digital tem sangue novo – e o negócio para meia dúzia vai crescer. Enquanto um novo capítulo começa a ser escrito na história literária, você pode fazer como o Caio e ler o livro Measure of a leader na internet aqui, e pode até fazer anotações nas páginas – só não pode rasgar. Como vamos ter que aprender a ler nestes instrumentos de qualquer maneira, passemos ao próximo assunto: Brasil na imprensa. O enfoque dominante foi o voo 447 da Air France e as asnices ditas pelos políticos brasileiros – mas o jornal The New York Times falou bem da bolsa em Investors in developing markets see optimism.
 
No terceiro bloco, Mike Tyson foi peso pesado e barra pesada – e foi para a lona com a fama. No documentário Tyson (site oficial com trailer aqui), o amigão do peito James Toback não trava luta livre e mostra que a vida não pegou leve com o garoto delinquente que foi para a funk com a grana e com as mulheres para a cama. É um filme que não é um filme – é uma sessão de terapia que mostra o lado humano da besta. O assunto foi parar no QI do Maguila e Diogo falou que Tyson inventou um troço que ninguém tinha visto – e eu, que não entendo de boxe mas também só concordo comigo mesmo, posso dizer que vi o filme e descobri duas coisas: que Mike Tyson tem a língua presa e que não gosta de ser amado – prefere amar. Para terminar e antes de levantar o padrão com o Pedrão, Lucas indicou o guia River to river, com shows grátis em NYC.
 
Na parte mais jornalística e com menos asnices do MC o assunto foi o filme Up (site oficial com trailer aqui), que está por cima com uma história que tem um pé no chão. A mensagem diz que as melhores aventuras estão ao nosso lado e que não precisamos ir às alturas – e com ela a Pixar mostra por que é a casa do melhor cinema que não falha nunca. Lucas fez uma pergunta em quatro dimensões e Caio perdeu a conta – mas o unidimensional Diogo, que está mais contra o Obama que contra o Lula, sabe onde mora a felicidade.
 
Momento ManhaTIE Connection: alles blau nesta edição do MC: Lucas foi com uma gravata azul com pontinhos brancos, Caio com uma azul com estampa de quadradinhos e Ricardo com uma azul com listrinhas escuras. Medalha de ouro para o Ricardo, de prata para o Lucas e de bronze para o fã dos filmes da Pixar.
 
Fórum da semana: o que é mais interessante: a subida ou a queda dos ídolos? “Meu lado bom prefere a ascensão. O mau, a queda”, respondeu o Lucas.
Vinhetas da semana: 1 – AKA Residence. Música: How insensitive, com Iggy Pop. 2 – Battery Park. Música: Rise up, com Diane Birch. 3 – (Levantando o padrão com o Pedrão) – curadoria de arte de rua de Natalie Kates e exposição Vanity Unfair, de Max Wiedeman. 4 – (Boa noite) – Filme: Tenha fé. Local: Sony IMAX 3-D Theater. Música: Smooth, com Carlos Santana e Rob Thomas.
 
Bônus da semana: não sabemos qual o QI do Maguila – mas seu score no CQTeste foi de 121. Dá uma olhada!
 
 

2 Respostas to “102o. post – MC de 7 de junho de 2009”

  1. Simone :-) às 12:30 #

    ola! gostei muito do seu site! como obter a lista de locais e enderecos das dicas do pedro andrade

  2. Marcos :-) às 12:37 #

    Simone, dê uma olhada no site do canal GNT, talvez tenha por lá.

Deixe uma resposta

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s