149º post – MC de 19 de setembro de 2010

20 set

Os saquinhos da Conexão Fervura começaram queimando o Papa na Inglaterra e colocando o Sarkozy na frigideira. Aliás, parece que tentaram mesmo queimar o Papa e seu alemãozão da velha guarda, mas a visita dele foi um sucesso absoluto (na opinião do Diogo Mainardi). Ricardo Amorim deu uma resposta curta e quente e o fogueteiro Ahmadinnejad ligou o gás – e nos Estados Unidos o Tea Party teve uma vitória surpreendente sobre o presidente, os impostos e a masturbação. A crise radicalizou o país para a esquerda e os democratas vão ser fritados – e  a tacada do Obama é pintar o bronzeado John Boehner com as cores do demônio. O deputado de Ohio é um nobody mas ganhou um lugar ao sol, e Ricardo Amorim não teve tempo de explicar por que qualquer imposto é ruim – e qualquer gasto também – pois a campanha é movida a medo mas o programa é movido a relógio.

No segundo bloco, o estudo The global cities index 2010 da revista Foreing Policy conclui que o futuro pertence às grandes cidades com suas mazelas e favelas. Ricardo disse que o critério é uma grande sacação e que quem ganha importância é o interior. Para Diogo, o real está ridiculamente supervalorizado e o sentido da megalópole não existe mais – e parece que quem não tem futuro é a Foreing Policy. O debate rolou na revista, no MC e na coluna Tijoladas urbanas, do Lucas Mendes.

No terceiro bloco, Thomas Lipton tomou um chá de cadeira e o Brasil entrou em ebulição na imprensa e o modelo lulista de corrupção foi manchete do The Wall Street Journal na matéria Scandals shadow Brazil candidate. O escândalo envolve muito dinheiro e Lucas e Diogo esperam que as denúncias surtam efeito eleitoral. Ainda nas manchetes: Brazil´s huge new port highlights China´s drive into South America – mas os ingleses não têm moral para dar uma lição, até mesmo porque a China é o país da vez mas o país do futuro é a Índia.

Depois de diminuir a pilha de livros,  o MC terminou esta edição dando nota 10 para Laura Linney em The big c.  O c é de Cathy, de câncer e de comédia no seriado sobre uma professora que descobre que vai morrer. Pedro Andrade diagnosticou o tema como casca grossa e não sabe o quanto a tragicomédia vai viver, mas até a rabugenta foi escolhida a dedo. A ideia é mesmo meio manjada – mas o Showtime sempre pushes the envelope e eu acho que The big c está sendo um ótimo substituto para Weeds, que aliás nesta temporada está um programa mais chato que o filho da Cathy. Eu adorei os quatro primeiros episódios e certamente vou assistir ao quinto que vai ao ar hoje. Mas voltando ao MC: os manhattans comentaram sobre outras histórias com temática de doença terminal, mas eu acho que alguma coisa estava errada. Primeiro, o Lucas falou sobre o filme The guitar e disse que foi dirigido pela filha do Robert De Niro – mas este filme é da Amy Redford, filha do Robert Redford. Depois o Ricardo falou alguma coisa sobre a Queen Latifah – mas ela não está neste filme. Será que eu estava tão distraído pensando no dermatologista da Cathy que entendi tudo errado? Pena que agora a gente nunca sabe se o MC vai ser reprisado ou se o GNT vai  usar o horário para exibir um documentário sobre o clitóris, mas tentarei assistir a alguma reprise que eventualmente for ao ar para ver se o Lucas falou mesmo em Robert De Niro e o Ricardo em Queen Latifah, ou se quem está fora do ar sou eu.

O melhor: o boa-noite com um filme do Alfred Hitchcock. Ficou muito elegante e sofisticado. O pior: ninguém ter falado nada sobre o dermatologista da Cathy, que rouba a cena (em vários sentidos). Fórum da semana: se o Diogo já está há 4 semanas participando do MC de Veneza, com gôndolas ao fundo e tudo, por que a chamada do programa ainda o mostra naquele cenário capenga do Rio de Janeiro?

PS – esta dica é para quem está no Facebook: a very cute pic do Pedro com o Miles, postada por ele (pelo Pedro, não pelo Miles).

[Atualização – 20/09 – 11:07 – o GNT não exibiu mais um documentário sobre o clitóris e acabei de assistir a uma reprise do MC. O Lucas falou mesmo em Robert Redford, e quem falou em Queen Latifah foi o Pedro. Anyhoo, já peguei The guitar para ver se ela está neste filme. Pelo jeito quem estava fora do ar era eu…]

Uma resposta to “149º post – MC de 19 de setembro de 2010”

  1. Mônica :-) às 15:13 #

    Dilma já tem pronto seu novo Ministério:

    http://blogdovampirodecuritiba.blogspot.com/

    .

Deixe uma resposta

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s