158º post – MC de 28 de novembro de 2010

29 nov

Como um pequeno símbolo da guerra contra o terror, os requentados da Conexão Fervura tiveram suas partes pudendas escaneadas e apalpadas no aeroporto. Israel não quer achar uma bombinha na cueca e não apalpa nem escaneia: o segredo é que felizmente há vigilância total e que Diogo Mainardi nem a pau embarca no aeroporto de Tel Aviv. Enquanto isso, nas duas Coreias há um tiro aqui e uma centrífuga ali. Se der guerra, é fogo – mas não existem boas opções. A Coreia do Norte chega até a beira do precipício em seu plano de curtísismo prazo – e Caio Blinder diz que Há método na loucura norte-coreana, mas até quando?

Sempre existiram pobres no país mais rico do mundo, e no segundo bloco os manhattans falaram sobre a cultura da pobreza. O debate volta a prosperar, mas não há condições de replicar o programa bolsa família de 1965, o ano da manteiga e do canhão. As pessoas são pobres porque não têm dinheiro, mas no Brasil o modelo petista está caminhando para uma melhor distribuição de renda em 2020. Lucas Mendes revelou a senha do iPad do filho da Angélica e mostrou que até o Spider Man foi contratado – mas apenas nos Estados Unidos e não na Irlanda, o tigre celta que teve uma tremenda história de sucesso – e de bolhas. O próximo da lista é Portugal e é bom andar de marcha à ré de vez em quando, como disse disse Diogo Mainardi – que também citou e aplaudiu a si mesmo com sua coluna de 23 de outubro de 2009.

A seguir, o MC recebeu a convidada Mila Burns, jornalista e antropóloga que tem mais milhas rodadas que americanos e brasileiros. Ela ganha pouco, apresenta o Planeta Brasil na Globo Internacional (o mesmo canal que tirou o Manhattan Connection do ar) e nunca mais vai voltar para Las Vegas – cidade que tem uma energia esquisitérrima.

Para encerrar, o casal Zagat juntou, imprimiu e vendeu suas dicas de restaurantes. O Guia Zagat engordou mas passou do ponto na era digital e meio que deixou a peteca cair tornando-se vítima da internet e da mudança do modelo de negócio. Diogo Mainardi revelou ter muita credibilidade culinária, Caio Blinder reclama mas paga e Pedro Andrade citou os sites Yelp, Menu Pages e OPen Table – e Joonbug, que indica festas onde ele não estará.

O melhor: Caio Blinder imitando um pinguim. O pior: os manhattans não terem falado sobre um filme ou seriado. Fórum da semana: qual o melhor restorante para se passar o reveião?

 

Aviso: na semana que vem estarei viajando e não poderei atualizar o blog. Um novo post será publicado em 13 de dezembro, sobre o MC do dia 12. Até lá :-)

PS – não é a primeira vez que o Homem Aranha aparece por aqui. Dá uma olhada no que eu achei nos arquivos do blog aqui.

Uma resposta to “158º post – MC de 28 de novembro de 2010”

  1. sandra murakami :-) às 11:24 #

    Como diria o professor hariovaldo de almeida prado: os homens “do bem” são impolutos e incansaveis na luta contra o apredeuta escarlate e agora contra a comunista bulgara.
    Felicito ao programa e ao ex presidente, ainda tonto do que houvera com os “acontecimentos nunca antes ocorridos na historia do Brasil”. Que São Serapião os proteja e guarde da horda de famintos e aflitos dos proximos anos no Brasil!!!! hehehehe.

Deixe uma resposta

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s