165º post – MC de 13 de fevereiro de 2011

14 fev

Segundo os pombinhos da Conexão Cupido, Mubarak foi amigão de cinco presidentes americanos. Obama também o apoiou quando tinha que apoiar – mas o diretor da CIA fez um papelão desgraçado, e agora a prioridade é dar um empurrãozinho na série de Mubaraks espalhados pelo Oriente Médio. Ricardo Amorim duvidou dos 80 bilhões de dólares, mas não consegui prestar muita atenção no que mais ele falou pois fiquei olhando para a sua gravata torta e imaginando por que nenhuma pessoa presente na gravação teve a bondade de avisá-lo sobre isso. Até mesmo o cameraman poderia ter falado algo, mas ninguém disse nada e o Ricardo gravou o programa inteiro com a gravata fora do lugar. Ficou feio para ele e muito pior para a equipe da Globo News. Enfim, pelo que entendi do programa e deste podcast do Ricardo, a economia não foi o estopim da crise, e Glenn Beck, o guru do Diogo Mainardi, criou a teoria do califato com base em poucos fatos e muita suposição. Falando em Ricardo e Diogo, a discussão estava ótima – mas a Angélica interrompeu o processo caótico entre os dois nos levando para a Plaza de la Revolución, onde reinam os faraós da dinastia Castro. Infelizmente nenhum deles tem um corpinho como o do Chris Lee – que eu e o Caio Blinder gostaríamos de ter.

No segundo bloco, o assunto foi a paixão cega pela internet no livro The net delusion – ou, em português, O embuste da internet. Abaixo a euforia.com – mas o livro tem um site aqui, e o autor tem um blog aqui. A internet piora a gramática, oferece pão e circo eletrônicos e facilita a ação do PT e de outras mentes criminosas – mas tem também os 3 Ps: peso, pênis e peito, instrumentos que abrem possibilidades para o bem e para o mal. Brasil na imprensa: segundo o El País, a bombeira se afasta da anta.

Para encerrar, a TV americana usa e abusa da família – e a família da vez é a do seriado Shameless, uma nova versão do seriado britânico de mesmo nome produzida por John Wells, das séries Sala de emergência e A asa da direita. Lucas Mendes disse que ninguém precisa ter vergonha de gostar dos Gallagher, e eu não tenho vergonha de dizer que não gosto. Bêbado é mala, e a série é mala também. Parei de ver no segundo capítulo, e da programação de domingo do canal Showtime prefiro Episodes, que está bem melhor e é certamente mais divertida de se ver. E aqui vai mais um toque para o pessoal da Globo News: por que colocaram a frase “Seriado Shameless mostra a decadência na família americana na televisão” na página do Manhattan Connection? O episódio piloto foi uma cópia fiel do piloto britânico. Até os diálogos são os mesmos, e as únicas diferenças são o tamanho da geladeira na casa dos Gallagher e que o pai daquela garota que faz sexo oral derruba uma maçã em vez de uma batata. Ou seja, de americana a família não tem nada, pois o episódio é igual ao original que mostra uma família britânica! Continuando, os manhattans acreditam na Branca de Neve mas não em Sexo sem compromisso ou, como o Caio e o Pedro Andrade traduziriam em inglês, Sex without compromise. Mas chega de sacanagem: nunca um espetáculo foi tão adiado (e tão odiado) quanto Spider-Man, o pior e mais caro musical de todos os tempos que nem com uma trilha do U2 consegue ser mais interessante que uma orquestra de elefantes tailandeses.

Aviso: a área de mídia do fã-clube do Manhattan Connection foi atualizada com Diogo Mainardi escreve livro sobre paralisia cerebral do filho, matéria publicada na Folha de S.Paulo.

8 Respostas to “165º post – MC de 13 de fevereiro de 2011”

  1. Henrique :-) às 15:57 #

    A Globo News está destruindo o Manhattan Connection. Ontem, quando Mainardi falava que “Dilma não vai se afastar do Lula, Dilma precisa do Lula…”, a edição tosca do programa mostrou que a fala dele foi descaradamente cortada; na sequência, pularam para o Lucas e o Blinder, que já abordavam um assunto totalmente diferente. A Globo News tem medo de quê? Esse canal não presta. Seria melhor ter dado um fim digno ao Manhattan Connection do que expor seus brilhantes integrantes à voracidade da tesoura chapa-branca do pessoal de edição da Globo News.

  2. Marcos Alexandre :-) às 18:24 #

    Henrique, a Globo News está cheia de defeitos em relação ao MC, mas acho que isso não é intencional. E lembre-se que a maior censura praticada no Manhattan foi na época do GNT, quando o canal cortou a participação do Marcelo Madureira na reprise de uma edição do programa, e depois ainda mandou o Lucas dar uma desculpa esfarrapada no ar. Torço para que a Globo News se acerte com o MC, acho que é questão apenas de tempo.

  3. Henrique :-) às 9:54 #

    É verdade, Marcos. Só que, no GNT, tirando esse episódio – que de fato foi lamentável – eles ficavam nitidamente mais à vontade e podiam falar quase tudo. Nós víamos o Mainardi ser áspero com o PT em todos os programas, porque é isso que ele pensa. No novo canal, não me recordo que qualquer crítica mais pesada ao PT tenha sido feita (ou melhor, levada ao ar) nem mesmo pelo Mainardi. Parece que tá todo mundo meio travadão na Globo News, dando a entender que não se pode falar tudo que vem à mente. Enfim, espero também que o canal se acerte com o programa, em respeito aos seus componentes e, principalmente, a nós telespectadores que acompanhamos a atração há tanto tempo.

  4. Marcos Alexandre :-) às 9:59 #

    Eu acho que o Diogo continua o mesmo, ele não tem falado tanto do PT por falta de interesse mesmo. Veremos…

  5. Henrique :-) às 1:30 #

    Pode ser isso também. Mas é como você disse: vamos aguardar. Tô meio pessimista, infelizmente. Espero estar errado!

  6. rubia kapusta :-) às 14:57 #

    Acho que o programa na Globonews esta melhorando, ja nao aparece tantos tijolos no fundo, as imagens feitas mais de perto estao disfarcando o cenario pequenininho e ja nao aparecem tanto computadores no fundo do lado direito.. Concordo com o Marcos e uma questao de tempo.
    O pessoal parece esta menos travado, eles sao otimos e continuam bom demais.
    Eu nao entendo nada como a Tv e feita mas ai vai algumas sugestoes:
    1)Volta com a musiquinha
    2)Gostava mais quando eram 4 blocos
    3)Gostava da pagina antiga na internet onde a gente poderia dar sugestoes e comentarios para a producao do programa
    De qualquer forma estou super feliz que eles voltaram na globo international.
    abrs.

  7. rubia kapusta :-) às 15:25 #

    Se a Angelica ou o Lucas passarem pelo seu blog, eu gostaria de sugerir que o Pedro Andrade falasse um pouco da Esperanza Spalding que tirou o Grammy do Justin Bieber. Minha filha adora o Baby baby baby dele.. a gente tem que ter uma paciencia e tentar se divertir com a situacao.
    Ja ouvi alguma coisa dela mas nao sei nada da historia da Esperanza.
    Abrs

  8. João Víctor :-) às 16:39 #

    Não só estão censurando o programa como censuram também os assinantes, que são impossibilitados de entrarem em contato com a produção ou comentar no site do programa….

Deixe uma resposta

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s